MUNICÍPIOS ES




2017

"Há mais de 20 anos trazendo com rigor crescente o detalhamento das receitas e despesas dos nossos municípios, o anuário é uma fonte de pesquisa confiável e imprescindível para aqueles que buscam, com responsabilidade e criatividade, novas soluções para os problemas que vivenciamos"

Guerino Zanon
Prefeito de linhares e presidente da Associação dos municipios do Espírito Santo (AMUNES)

2016

"O trabalho de fomentar a transparência e o acesso à informação desenvolvido pelo Governo Estadual e pelos municípios é potencializado pela iniciativa independente da Aequus Consultoria que, além deste anuário, mantém um importante portal de consulta aos dados fiscais dos municípios dos estados brasileiros, o Compara Brasil."

Eugênio Coutinho Ricas
Secretário de Estado de Controle e Transparência do Espírito Santo

2015

"Da mesma forma que os executivos de uma empresa buscam se municiar de informações relevantes para o monitoramento de seus planos e para a tomada de decisões, os gestores públicos devem ter em mãos uma base de informação segura com indicadores que cubram todos os serviços de responsabilidade dos municípios."

José Armando de Figueiredo Campos
Presidente do Conselho de Administração da ArcelorMittal Brasil

2014

"Antes mesmo da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estabelecer a obrigatoriedade de publicação pelos entes públicos de relatórios fiscais, orçamentários, dentre outros, e da Lei de Acesso à Informação disciplinar a divulgação desses dados, a revista possibilitou que tais informações, até então de acesso limitado, chegassem ao grande público."

Domingos Augusto Taufner
Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo

Veja a repercussão do anuário na imprensa de todo o Estado


2013

"Este anuário, que tanto contribui para o debate sobre o setor público municipal em nosso Estado, traz o balanço das finanças do último ano de mandato das gestões municipais anteriores. A novidade desta edição é a seção sobre a assistência social, com uma análise sobre os gastos municipais nessa área, que tem aumentado sua importância como promotora da justiça social e, mais recentemente, como canal efetivo da inclusão produtiva nos municípios."

Dalton Perim
Prefeito do Município de Venda Nova do Imigrante e presidente da Associação dos Municípios do Espírito Santo

2012

"Acompanho os passos do anuário Finanças dos Municípios Capixabas desde seu nascimento em 1995 e sei de sua imensa contribuição para o Espírito Santo. Hoje, a publicação também se faz presente em outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e, com o Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, essa experiência genuinamente capixaba se estendeu por todo o território nacional."

Guilherme Lacerda
Diretor da área de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

2011

"O anuário Finanças dos Municípios Capixabas nos acompanha há 17 anos ininterruptos. Durante todo esse tempo, os números das receitas e despesas dos municípios de nosso Estado traçaram um caminho e uma história que foram revelados e interpretados por esta publicação.."

Maurício Cézar Duque
Secretário de Estado da Fazenda do Espírito Santo

2010

"A prudência no campo fiscal é a maior virtude que o administrador público deve cultivar, posto que a história nos ensina que a economia tem seus altos e baixos. Avançamos muito nesses últimos anos em termos de gestão fiscal e este anuário tem acompanhado os nossos passos, servindo como um valioso instrumento de transparência e registro histórico."

Paulo Hartung
Governador do Estado do Espírito Santo

2009

"Finanças dos Municípios Capixabas consolidou- se como uma publicação especializada, através da apresentação de forma estruturada e de fácil entendimento dos resultados das contas municipais. Além de uma base de dados confiável, o anuário contém análises e propostas para a gestão das finanças municipais, a partir de artigos de gestores públicos e especialistas."

Guilherme Dias
Secretário de Estado de Desenvolvimento


Visualize a errata

2008

"O Espírito Santo se orgulha de ser o berço de uma experiência que, nascida aqui, se expandiu para os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro, com as edições Finanças dos Municípios Paulistas e Finanças dos Municípios Fluminenses, respectivamente. Em âmbito nacional, o projeto cresceu com a criação do Multi Cidades - Finanças dos Municípios do Brasil."

José Eduardo Faria de Azevedo
Secretário de Estado de Economia e Planejamento

2007

"Em 1995, na função de governador em exercício do Estado do Espírito Santo, tive a oportunidade de participar do lançamento do primeiro número do periódico. Alegro-me de constatar que, após 13 anos, a revista "Finanças dos Municípios Capixabas" tenha ocupado o seu espaço no mundo dos negócios editoriais e adquirido a confiança do empreendedor privado, das lideranças políticas e do povo capixaba."

Renato Casagrande
Senador e Líder do PSB no Senado Federal

2006

"Todos, especialistas ou não, temos a ganhar com a leitura deste anuário, que além de oferecer dados valiosos sobre finanças municipais disponibiliza também artigos e informes de grande valor."

José Teófilo Oliveira
Secretario Estadual da Fazenda do Espírito Santo

2005

"Para aqueles que não estão diretamente ligados à gestão pública, mas que, como cidadãos conscientes, devem acompanhar a contrapartida dos tributos arrecadados, o anuário torna-se rica fonte de consulta confiável e transparente sobre a origem e destinação dos recursos de seu município."

João Carlos Coser
Prefeito Municipal de Vitória

2004

"A revista Finanças dos Municípios Capixabas cumpre mais uma vez o seu papel, o de promover a transparência das contas públicas e aprimorar o conhecimento dos instrumentos indispensáveis à gestão fiscal responsável".

Guilherme Gomes Dias
Secretario de Planejamento Orçamento e Gestão do Estado do Espírito Santo


Visualize a errata

2003

"Ao longo de seus nove anos de existência, a revista divulgou informações que despertaram o interesse de agentes do setor privado e, principalmente, dos gestores públicos, tais como a repartição das receitas públicas, a composição e o desempenho das receitas e despesas municipais e diversos indicadores, inclusive dados per capita de cada município, todos acompanhados de comentários".

João Guerrino Balestrassi
Prefeito Municipal de Colatina

2002

"Nos últimos anos, o Brasil despertou para a importância de se gerenciar o dinheiro público com eficiência. Um dos marcos mais efetivos desta preocupação é a Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000, mais conhecida como Lei de Responsabilidade Fiscal".

Valci José Ferreira de Souza
Presidente do TCEES

2001

"A revista Finanças dos Municípios Capixabas é um Instrumento à disposição dos administradores municipais e que há sete anos vem se preocupando com a qualidade da gestão local. Desde seu primeiro número dissemina informações gerenciais e trata de assuntos relevantes para melhoria da gestão fiscal".

Paulo Hartung
Governador do Espírito Santo
(27) 3235-7841     |     3235-7546     |     Rua Dr. Eurico Aguiar, 888, Sala 504 - Santa Lúcia - Vitória/ES